Últimas em "BIOGRAFIAS (Cantores/Bandas)"



➤Siga nosso perfil oficial no Twitter , Se Inscreva em nosso canal no YouTube "MultiMidia Info"
, Curta nossa fan page "MultiMúsica" no facebook
((( MultiMúsica, "Porque amamos música!". )))

Rapper diz que pretende comprar um planeta inteiro


O rapper estadunidense Lil Uzi Vert, conhecido por suas excentricidades, virou assunto nas redes sociais depois de afirmar que está em vias de comprar um planeta inteiro. Segundo o artista, ele está tentando adquirir legalmente o exoplaneta gasoso gigante WASP-127b, fato que o tornaria o primeiro humano dono de um planeta.

Uzi Vert já protagonizou outras polêmicas, como embutir um diamante avaliado em US$ 24 milhões em sua testa e prometer instalar chips de computador no cérebro para “atingir uma inteligência superior”. Nesta, inclusive, ele contará com a companhia da cantora Grimes, esposa e mãe do filho mais novo de Elon Musk.

Mas os planos do rapper de ter um planeta para chamar de seu podem não se concretizar. Especialistas em legislação espacial ouvidos pelo Insider disseram que comprar um planeta é impossível do ponto de vista legal, e mesmo que fosse possível, o valor não seria pagável nem mesmo para supericos, como Jeff Bezos.

Uma discussão interessante
Os especialistas ouvidos pela publicação, porém, dizem que apesar de o anúncio soar absurdo, ele levanta questões interessantes sobre o que seria necessário ser feito para mudar o fato de o cosmos não ser uma propriedade de alguém.


Grimes também se mostrou empolgada com a compra de WASP-127b. Na última quarta-feira (21), a cantora postou uma foto de uma animação do planeta no Twitter e disse: “Aparentemente Lil Uzi Vert é dono deste planeta – só um aviso”.

Em seguida, o rapper entrou na conversa e pediu calma, segundo ele, era para a compra ser uma surpresa e sua equipe ainda estava trabalhando nela. Mas Grimes completou que a documentação para a reivindicação legal do planeta estava quase completa e que isso era enorme.

Comprou de quem?
Porém, não existe nenhum órgão na Terra que regule a venda de planetas ou nenhum outro corpo celeste, o que faz com que os documentos em que o rapper esteja trabalhando, provavelmente, não tenham nenhuma validade do ponto de vista legal. Ou seja, o Lil Uzi Vert é tão dono de WASP-127b quanto uma pessoa é dona de uma estrela que ela “nomeou” em um site com esse serviço.

Para o professor de direito espacial da Universidade de Nebraska-Lincoln, nos Estados Unidos Frans Von der Dunk, a compra é uma fraude por uma razão relativamente simples. Para que você compre algo, alguém tem que estar vendendo isso e, para vender, tem que ser ou representar o dono do que está sendo vendido, o que presume que o planeta teria um dono.

O acadêmico defende que o Tratado do Espaço Exterior, redigido em 1967, prevê a proibição de que qualquer governo ou cidadão da Terra reivindique a propriedade de territórios fora do planeta. “Sempre haverá empresas tentando vender coisas para você. Mas isso não significa que seja legalmente reconhecido”, disse o diretor do Instituto de Leis Aéreas e Espaciais, Ram Jakhu.

Com informações do Insider

Deixe um comentário:

Comente com o Facebook:

Postagem Anterior Próxima Postagem


Últimas em "Estrelas Feat."



#TrendingTop Music





Últimas em "Pelas Redes"



Confira abaixo o que esta rolando nos sites MultiMidia Info: